domingo, 22 de janeiro de 2017

Fórmula da pedra filosofal

Parece até brincadeira, mas ele está certo, é assim mesmo que faz:

Pedra Filosofal
Por  Xamã Gideon dos Lakotas


Responsabilidade precede o poder que vem do céu
Lhe dou o sonho dos alquimistas, a pedra filosofal
Longevidade, transmutação e riquezas, salve irmão Nicolau Flamel
Entendimento de razão, de verdade e natureza espiritual
Obtendo o pó rubro que transmuta, obre bem o teu plantel
Hospitais, orfanatos, muita obra social

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe trás o sol
Razão com a intuiço, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Alquimia transmuta para pureza do mineral
metálico em ouro, cristal em gema verdadeira
Entendimento correto do fogo, longevidade e Saúde universal
esquecer a ansiedade, cozer com paciência perfeita
arte sem paralelo, eis a pedra filosofal
pó rubro da transmutaço verdadeira

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe trás o sol
Razão com a intuiço, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Ensinamentos que lhe trarão o tesouro
Mercúrio é mercúrio, Vênus é cobre, marte é o ferro
Júpiter é estanho, saturno é chumbo, lua é prata, o sol é ouro
Razão e intuição, paralelo correto
Expurgar escórias do sol e da lua seminal
Só pela luz ígnea terá sol e lua aberto

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe trás o sol
Razão com a intuiço, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

A quarta parte de marte na forja a derreter
Estando vermelho fundente Nove partes de saturno acrescer (acrescer)
Este com avidez ao primeiro irá comer
Salitre e tártaro flutuarão, por cinco vezes limpar
Sinal no cadinho, a estrela aparecer (aparecer)
Hermafrodita alquímico que todo metal abrir

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe trás o sol
Razão com a intuiço, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Para muitas operações poder realizar
6000 gramas do hermafrodita deves fazer
o procedimento passo a passo irei lhe passar
Ato por ato , tudo em detalhes te farei conhecer
Mas quando em ti puder confiar
Conhecimento se auto protege, responsabilidade antes do poder

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe trás o sol
Razão com a intuiço, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Agora você sabe, o calibre da luz deste Céu.
Saiba que o justo não mendiga o pão
Amor trás o merecimento, segredos entregues por Flamel
O Sentir liberto indígena, ciência com a razão
Para mãos xamãs de um espírito lakota
Passar aos filhos da grande obra, da Senhora da Conceição.
Houve um dia em que acreditei em palavras
A fé sem obras é fé morta, irmão
Só o amor lhe trás o sol
Intenção e energia, direcionada a ação
Te fará merecedor, da pedra filosofal
Mas precisa abandonar, a fuga e a ilusão.

copiado daqui : www.ceunossasenhoradaconceicao.com.b

https://youtu.be/19vAqpVyvkk



quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Os 4 Tattvas


Não adianta desejar Boas Festas, nem Feliz Ano Novo, não adianta fazer simpatia, nem mesmo vestir branco na virada do ano, se a pessoa não possuir os quatro Tattvas ou energias,são eles :

INTEGRIDADE – Pois sem ela, somos fracionados, uma pequena parte de nós mesmos ,

AUTENTICIDADE – Pois sem ser autentico, eu não serei eu mesmo, não sendo eu mesmo, não sou nada.

COMPROMETIMENTO – Pois quem não se compromete, não pode provar sua autenticidade, pois é muito fácil ter integridade sem responsabilidade e

ENRIQUECIMENTO – Pois quem não enriquece o próximo, pratica a avareza espiritual e não recebe o retorno de suas ações.

A felicidade, a satisfação, a saúde, a paz e prosperidade dependem dessas quatro energias para existirem dentro de nós.

Desejo a você que os quatro Tattvas irradiem em sua vida e que tragam, satisfação, saúde, paz, prosperidade e muita felicidade em 2016.


quarta-feira, 11 de novembro de 2015

E agora FHC, LULA E DILMA ?

O custo da responsabilidade.

Não é uma questão partidária, é uma questão de responsabilidade, esses presidentes encaminharam o país em uma venda a qualquer preço das tais commodities, colocaram o lucro acima da razão e a corrupção para desculpar tudo, obras feitas às pressas, viadutos caindo, barragens se rompendo, e uma guerra civíl disfarçada de combate às drogas , do mesmo modo estão fazendo com o desmatamento na floresta Amazônica, afinal o gado rende mais impostos do que a floresta.

Esse desastre em minha opinião, só perde para o de Fukishima, pois lá ainda há a radiação, aqui em breve vão estar "tratando a água contaminada do rio e servindo a população das diversas cidades servidas pelo Rio Doce como se nada estivesse acontecido.

Estamos concorrendo com a China em matéria de poluição do meio ambiente e vocês acham que alguém vai ser indenizado?
Acreditam que o que aparece na TV é verdade?

Toda essa merda, vai escorrer pelo litoral do Espírito Santo, até o farol de São Tomé no RJ, daí segue pelo oceano em sentido sul, juntando-se a água poluída do Rio Paraíba do Sul.

Quem mora em locais em que são vendidos pescados dessas regiões (ES e RJ), esqueçam comer peixe, pois os que sobreviverem estarão contaminados e claro, a imprensa brasileira que é totalmente livre para sacanear a população, não vai estar nem um pouco preocupada.

Por ganância e falta de planejamento de um sistema político que é criminoso, sem nenhuma responsabilidade com a população e com o futuro, estão promovendo a destruição do Brasil, e os tolos e mal informados ainda vão achar que não vai acontecer nada na porta deles.


sábado, 7 de novembro de 2015

Apocalipse 2 (revisado)


Escreve sete cartas para as sete igrejas . . .

-----------------------------------------------------------------------------------

Chakra da Terra - base da espinha,

É responsável pela sobrevivência.
Paramahamsa Nithyananda
INTEGRIDADE
E é bloqueado pelo temor.

-----------------------------------------------------

Chakra da água – abaixo do umbigo

É responsável pelo prazer
Paramahamsa Nithyananda
RESPONSABILIDADE/preocupação
E é bloqueado pela vergonha.

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Chakra do fogo - localizado no estômago(Fígado).

É responsável pela força
Paramahamsa Nithyananda
AUTENTICIDADE
E é bloqueado pela culpa.Medo

-------------------------------------------------------

Chakra do coração – localizado no centro do peito
a altura do coração

É responsável pelo amor,
Paramahamsa Nithyananda
ENRIQUECIMENTO/atenção
necessidade de atenção bloqueia
E é bloqueado pela tristeza/amargura.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Chakra do ar/som - localizado na garganta.

É responsável pela verdade
Paramahamsa Nithyananda
CIUME - inautenticidade causa ciume para justificar-se
E é bloqueado pelas mentiras. Aquelas que contamos à nós mesmos.

------------------------------------------------------------------------------------------------------

Chakra da luz - localizado no centro da testa.

É responsável pela paz interior
Paramahamsa Nithyananda
alinhamento imagem interior com a imgem exterior
E é bloqueado pela ilusão. (A maior ilusão deste mundo é a ilusão da separação).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Chakra do pensamento - localizado na coroa da cabeça.

É responsável pela energia cósmica pura.
Paramahamsa Nithyananda
descontentamento/frustração
falta de envolvimento com o próximo
Quando você não enriquece a vida dos outros ,
a sua vida não pode ser enriquecida
E está bloqueado pelas ligações terrenas – Lei do sacrifício



Somente sem esses bloqueios é que se pode fazer vibrar todos esses centros
energéticos

Mas como esses bloqueios acontecem? Simples

Eles bloqueiam nossa aura pela memória, pela poluição e deficiência do corpo e pela poluição da mente.

E como se desbloqueia isso?

Um método simples e eficiente para desbloquear a memória é a técnica da complitude, paramahansa Nithyananda ensina em /www.youtube.com/watch?v=dfN2IeK2aW4&list=PL8Vg_MBcOe1IWr1nIy-f7orArWJ-3cri7

Desbloqueando a memória tem-se a oportunidade de seguir em frente em nossa senda espiritual/evolutiva. A memória a qual me refiro não são nossas simples lembranças, mas sim a carga emocional que é a causa de todas as simples lembranças, ou seja todos os fatos ocorridos em nossa vida possuem a carga emocional natural desses fatos e que criam processos mentais e vão se acumulando e fortificando com o passar do tempo, são defeitos na máquina de pensar que chamamos de cérebro.

A poluição do corpo é causada pela alimentação e pela falta de condicionamento físico. A alquimia nos mostra que a energia vital vem de Deus para os minerais que são absorvidos pelo vegetais e por seqüência pelos animais. De nada adianta ingerirmos minerais brutos, nosso organismo não foi feito para absorve-los, portanto somente uma dieta crudivora e equilibrada conforme cada individuo nos dará energia necessária para mover as 7 rodas da fortuna de maneira suficiente.

Por condicionamento físico quero dizer um corpo praticado na Hatha Yoga e algumas artes marciais (kung fu – Tai chi), nada de excessos, nada de músculos aos montes nem suplementos, um fígado limpo é bastante necessário uma vez que ele controla nossos hormônios e por consequencia nosso humor e pensamentos.

E desbloqueio da mente requer isolamento de toda essa carga de informação inútil, (do caso do crime que passa na TV, da noticia do outro lado do mundo...), de toda a preocupação (da conta da luz, da prestação) e tudo o mais que incomoda e perturba a PAZ interior que pode ser praticada e desenvolvida conforme ensina Morihei_Ueshiba, (http://pt.wikipedia.org/wiki/Morihei_Ueshiba).
Ha também exercícios a praticar para fortalecer o intelecto, são o caminho da adoração e o caminho da Ciência.

Parece uma missão impossível, mas na verdade não é. Alguns já conseguiram e uma boa parcela das pessoas pode buscar e conseguir resultados parciais, o que já justifica e recompensa a busca

Shanerrai 03/2013



quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Tábua de Esmeralda

1. É verdade, sem engano, certo e muito verdadeiro.

2. Aquilo que está abaixo é como aquilo que está acima, e aquilo que está acima é como aquilo que está baixo, para realizar as maravilhas de uma coisa. 

3. E assim como todas as coisas surgiram do um, pelo desígnio do uno, assim todas as coisas nasceram desta única coisa, adaptação. 

4. Seu pai é o sol; sua mãe é a lua. O vento carregou-o em seu ventre; sua nutriz é a terra. 

5. Este é o pai de todas as consagrações de todo o mundo.

6. Seu poder está intacto, se estiver direcionado para a terra.

7. Você irá separar terra do fogo, o sutil do denso, docemente, com grande engenhosidade.

8. Ela ascende da terra ao céu, desce novamente em direção à terra e recebe a força das coisas acima e abaixo. Assim você terá a glória do mundo inteiro. Daqui para a frente toda escuridão fugirá de você.

9. Essa é a força forte de todas as forças, porque irá conquistar tudo que é sutil e penetrar tudo que seja sólido.

10. Assim foi criado o mundo.

11. O restante será maravilhosa adaptação, da qual este é o método.

12. E assim fui chamado de Hermes Triplamente Grande, possuindo as três partes da filosofia do mundo inteiro. 

13. O que eu falei sobre o trabalho do sol está completo.


Ou, desenvolvendo melhor :


1 - É uma afirmação onde o autor atesta sua autoridade.

2 - Ela atesta: O superior (vem) do inferior e o inferior vem do superior - o trabalho do
milagre do Uno. (Aquilo que está abaixo é como aquilo que está acima, e aquilo que está acima é como aquilo que está baixo, para realizar as maravilhas de uma coisa) Neste verso o autor refere-se as energias sutis, afirmando sua vinculação com o plano material, e também afirma que todas as coisas são derivadas de uma única coisa, criadas por uma consciência superior que chamamos de Deus.

3 - E todas as coisas foram (formadas) desta substância primal através de um único ato. Ou seja das energias sutis inferiores (não confundir com infernais) e das energias superiores, através de um único, ato, ou seja todas as coisas são formadas pelo mesmo processo/método.

4 - “Seu pai é o sol e sua mãe a lua; o vento o carregou em seu corpo e a terra o nutriu”. - A essa energia resultante das foças inferiores e superiores gosto de chamar de LUZ ASTRAL, em muitas culturas ela é reconhecida e comentada, os católicos chamam “espírito Santo”, na cultura japonesa, CHI, na China, KI, no hinduísmo,PRANA, .quanto a sua mãe ser a LUA, lembramos que a Lua não possui Luz própria e sim reflete, polarizando a Luz emitida pelo Sol, o que justifica “ todas as coisas nasceram desta única coisa”, por adaptação ou analogia, conforme o item 3

5 - (É) o pai dos talismãs e o protetor dos milagres, ( Este é o pai de todas as perfeições de todo o mundo). - Toda a matéria é criada a partir dessa energia.

6 - Cujos poderes são perfeitos e cujas luzes são confirmadas, ( Seu poder está intacto, se estiver direcionado para a terra), Pois essa poderosa energiam, circula entre o céu e a terra, mas é somente na terra onde ela manifesta seu poder, pois é onde ela é NUTRIDA.

A ciência moderna com suas pesquisas astrofísicas descobriu uma forma de energia que resolveram chamar de neutrinos, neutrinos atravessam a terra e emanam na superfície em todas as direções, o que sugere que podem ser originados no interior dela, por outro lado, temos várias radiações subatômicas que banham a terra, originárias do sol. Eu não sou estudioso do assunto (física de particulas), mas as modernas pesquisas vem de certa forma indicando que o pensamento dos antigos filósofos era no mínimo coerente.

Então temos duas formas básicas de energia, a que se origina do Sol, convém lembrar que o sol banha todo o seu sistema de planetas com sua LUZ e muitas outras formas de energia . Direta ou indiretamnete toda forma de energia disponível , exceto a nuclear, vem do Sol. E a enegia que vem da Lua.

O estudo da geologia nos demonstra que a atuação de forças que chamam de externas e internas da crosta terrrestre, ao longo de milhões de anos são capazes de formar rochas, não pequenas pedras, mas sim montanhas como granitos, arenitos mármores, são materiais aglutinados pela ação da natureza.

Podemos ver na extração de blocos de mármore ou similares onde são retirados grandes blocos e cortados em lâminas, polido em placas e usados na construçãos civil em pias e soleiras de nossas casas.

Os Alquimistas atribuiam além dessas rochas a formação dos próprios minerais por essas energias, sendo a emissão da energia da Lua uma resposta ou um retorno a energia proveniente do Sol e polarizada pela Lua, “ Seu pai é o sol e sua mãe a lua; o vento o carregou em seu corpo e a terra o nutriu”, aparece então o terceiro principio que é o principio da nutrição, formando uma tríade, a energia masculina do Sol, a feminina da Lua e a energia da Nutrição

De acordo com Alquimia, os elementos químicos minerais de que constituem a terra são o alimento de plantas e vegetais em geral, e são essas energias que fazem a germinação de sementes, o crescimento de todo o reino vegetal, e estão em um nível secundário porém acessível aos animais, uma vez que não comemos, nem digerimos os minerais em sua maioria.

7 – “Você irá separar a terra do fogo, o sutil do denso”, aqui o autor descreve a maneira de fazer o processo de criação ao contrário, extraindo o sutil para retirar dele a Luz Astral, por tal processo o casal Curie ( Marie e Pierre Curie), descobriu elementos radioativos , atravéz da sutilização (purificação) de minerais especificos.

8 - “Ela ascende da terra ao céu, desce novamente em direção à terra e recebe a força das coisas acima e abaixo. Assim você terá a glória do mundo inteiro. Daqui para a frente toda escuridão fugirá de você”..-, atravéz da circulação, ou seja, da repetição do processo de purificação dos materiais com o intuito de obter matérias cada vez mais purificadas a fim de ober-se a energia primordial

9 - Essa é a força forte de todas as forças, porque irá conquistar tudo que é sutil e penetrar tudo que seja sólido. Ele descreve aqui a natureza dessa energia sutil, pois é assim como uma energia eletromagnética que penetra tudo que é sólido e não como um composto químico que deve reagir com o meio para causar qualquer efeito. Essa energia é a força de todas as forças porque é a energia que é capaz de fazer com que um corpo de carne e osso tenha vida.

10 - “Assim foi criado o mundo”; Ou “A estrutura do mundo pequeno (microcosmo) está de acordo com a estrutura do grande mundo (macrocosmo)”. Sim Tudo, inclusive nós fomos criados de maneira análoga, pois todos temos pai e mãe e durante nove meses (no caso dos humanos geralmente), fomos nutridos através da placenta, um vegetal, também necessita de uma flor com órgãos que são chamados masculinos femininos, muitas vezes esses órgãos são flores distintas e em algumas vezes em plantas distintas, por adaptação (analogia), tudo que tem vida, no caso quse todas as coisas, assim pensavam os antigos filósofos alquimistas, nasce da união do masculino e do feminino e requer algum “alimento” inicial para formação, inclusive todo o nosso planeta terra.

11 - “O restante será maravilhosa adaptação, da qual este é o método” ou “ E, da mesma maneira acontece aquilo que é possível de ser conhecido”. Para se obter o objetivo maior da alquimia, a obra solar , conforme o autor cita na linha 7, faz-se o mesmo processo por adaptação, assim está escrito também na Bíblia, no “Livro da Sabedoria” Sb-07 .

12 - “E assim fui chamado de Hermes Triplamente Grande, possuindo as três partes da filosofia do mundo inteiro”. A saber, a sabedoria do masculino, yang, positivo ; a sabedoria do feminino, ying, negativo e ; a sabedoria do neutro, a que nutre, do equilibrio, do círculo de proteção, do que sustenta, do caminho do meio conforme Buda.


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Nosso Destino, que muitos não aceitam.

"Diz-se que, antes de um rio entrar no oceano, ele treme de medo. 

Olha para trás, para toda a jornada: os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.

Mas não há outra maneira...O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar! Voltar é impossível na existência. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.

E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece, porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas TORNAR-SE oceano.

Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.

Assim somos nós.
Só podemos ir em frente e arriscar.

Coragem!!

Avance firme e torne-se Oceano!!!"

Recebi de: http://www.conscienciapranica.com

Mas ninguém vai para esse oceano sem passar pelo FILTRO

terça-feira, 23 de junho de 2015

A Sabedoria Indiana (Vedanta)


Você quer sentir-se bem. Você adora sentir-se bem.

O que impede você?

Segundo os grandes sábios da Índia, o que impede você de sentir-se bem é sua maneira imprecisa de pensar.

Por exemplo, você dá muita importância a coisas pequenas, como uma discussão familiar ou um obstáculo momentâneo. Você se irrita quando as coisas não saem conforme sua expectativa, como se os eventos do mundo dependessem apenas da sua ação. Você confunde situações com a interpretação que a mente faz delas. Você vive negando fatos evidentes, como que tudo acaba, que todas as situações, objetos, pessoas e vínculos são impermanentes.

Você está refém dos pensamentos que a mente lhe apresenta. Se a mente começa um discurso triste, você fica triste. Se ela fala das incertezas do futuro, você mergulha na ansiedade. Não sabe que trata-se apenas de um pensar mecânico. Você o confunde com seu próprio pensar. Você fica vulnerável, sempre à mercê do pensamento que surge a cada momento.

Você se confunde com seu corpo. Você usa um pensar impreciso, dizendo, por exemplo: "como eu sinto o que acontece com o corpo, eu devo ser o corpo!". Porém, se alguém mexe com algo que você valoriza, um filho, um carro, um vestido novo, por exemplo, você também sente, mas isso não quer dizer que você seja seu filho, um carro ou um vestido!

Você entende o sentir de forma incorreta. Parece que trata-se de algo que “acontece” a você. Você se vê como vítima das emoções. Não sabe como elas surgem, como podem ser modificadas nem para que elas servem. Muito menos como livrar-se das emoções perturbadoras.

Em síntese, seu pensar habitual é confuso, com muitas imprecisões, e inadequado. Por causa disso, você entende a vida, o mundo e a si mesmo de forma igualmente imprecisa e inadequada. E, naturalmente, ao agir baseado nesse entendimento tão falho, sentir-se bem torna-se algo esporádico, trabalhoso, incerto.

Os sábios indianos dedicaram séculos a entender essa questão. O próprio Buda abriu mão dos poderes e prazeres de um reino para desvendar tudo que está envolvido nesse tema. Os sábios ensinam que é possível você sentir-se bem, independentemente das condições do mundo, do corpo e da vida pessoal. Para isso é preciso deter-se para refletir sobre certas verdades universais, entendê-las plena e corretamente,

O caminho da sabedoria, também chamado de “Vedanta”, não é conhecimento intelectual e nem erudição. Trata-se do desenvolvimento da compreensão. Trata-se de aprender a viver com sabedoria, de compreender profundamente algumas questões-chave do viver humano.

E quando falamos de sábios, não estamos falando de pessoas que vivem isolados em cavernas geladas dos Himalayas ou de pessoas reclusas em mosteiros. Estamos falando de pessoas serenamente felizes, generosamente egoístas, ambiciosamente desapegadas, que tomam com leveza os dramas do mundo e que encaram com seriedade o jogo ilusório da vida.

Para apropriar-se do pensar dos sábios é preciso apenas uma sincera vontade de entender, mantendo longe crenças e dogmas que inibem o livre pensar. Nenhum outro requisito é necessário.

O caminho é escutar atentamente a exposição dessas reflexões maravilhosas, passadas de geração a geração, no decorrer dos séculos. As explicações são claras e os exemplos são didáticos. Ainda assim, há sempre espaço para perguntas, buscando eliminar toda dúvida ou imprecisão.

O resultado é uma forma de entender a vida que faz com que os desafios sejam enfrentados com menos desgaste, e o sentir-se bem seja fácil, frequente e inevitável


Copiado sem autorização de : http://www.isvara.com.br/vedanta-1/



sexta-feira, 1 de maio de 2015

Viver de LUZ

A alguns anos atraz, eu ia para o trabalho e passava bem cedo por uma região onde havia mata e visualizei na encosta de um morro, uma nuvem que subia da mata (não é a da foto abaixo). . .
Que linda coloração vermelha tem aquela nuvem, pensei.
Mas como pode, a nuvem está na sombra da encosta, não há sobre ela raios solares, de onde vem essa coloração vermelha?

Então veio imediatamente em minha mente a resposta : “O Vento a levou dentro do seu ventre e a terra é a sua ama de leite. O Pai da perfeição do mundo inteiro se encontra aqui. A sua força ou poder é total e se converte em terra. Separando a terra do fogo, o sutil do espesso, suavemente, com grande habilidade. Ele sobe da terra ao céu e de novo desce à terra, recebendo a força das coisas superiores e inferiores. Esta é a força mais forte de todas as forças, pois vencerás todas as coisas sutis e penetrarás em todas as coisas sólidas. Assim se criou o mundo”.(Hermes Trimegisto)

A partir daquele momento passei a observar e entender melhor os princípios da alquimia, tendo um relativo sucesso em meus trabalhos na realização da Grande Obra (não, não fiz a pedra). Mas a compreensão de que a prima matéria é a LUZ Astral para os espiritualistas, ou AZOTH, CHI para os chineses, QUI para japoneses, e que ela sob certas condições se encontra condesada, pode ser visualizada e principalmente absorvida pura, fato que descobri recentemente, com as pessoas que vivem de LUZ, os respiratorianos, conforme o site :http://atransicao.com.br/site/viver-de-luz/

Espero que os correspondentes que procuram uma fórmula química, com reações comuns, que levem a um patamar de existência, transformação de consciência e matéria, não se decepcionem, mas essa é a realidade.

Shanerrai

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Sobre o Segredo

Mas qual o segredo?

É o segredo da matéria que se transforma pela energia divina , se aglutina e constrói mundos

E onde você aprendeu esse segredo?

Está nos livros que hoje chamam escrituras, que os homens deturparam e criaram deuses para transformar a verdade em segredo e manter o poder somente para eles.

É o segredo do ácido que mata o cristo que é pedra e é o mesmo ácido (mercúrio) que resucita-o transformando-o em matéria divina explicando assim todos os mistérios da matéria, transformando o chumbo em ouro e desvelando a consciência.

Mas e as religiões, que foram feitas para re ligar os homens ao Deus?

São todas falsas, esse Deus do qual elas tanto falam não existe, tudo para dominar os comuns, cria-los através do medo, controlar, escravizar.

Todas surgiram de lendas anteriores, os Judeus retiraram dos Egípcios, que retiraram dos Assírios, que retiraram dos Sumérios, que receberam dos Atlantes.
Sonegaram o prazer, a abundância que a terra dá, as inúmeras possibilidades que a vida cria, afastaram e esconderam o amor, disseminaram o ódio, a separação e a competição entre os seres e por fim fizeram com que os homens se multiplicassem como um vírus, pois toda colônia de vírus tem o mesmo fim; A morte!

Mas por qual motivo espalhar tando sofrimento?

Quando o grupo de usurpadores conquistou a Grande Obra, não estavam preparados para assumirem a realidade da vida, eram bárbaros, então seguiram por um caminho de dominação pois lhes subiu a cabeça o desejo de poder que os domina até os dias de hoje.

Mas que realidade é essa?

A realidade é o que chamo de Lei do Sacrifício. Ou seja, crescemos (interiormente), nossa consciência se expande até atingir o limite, para o sacrifício de terminar esses ciclos e iniciar uma nova jornada onde não mais seremos humanos nem espíritos humanos, somente energia.
Assim como os cubos de gelo que você tem na geladeira, são feitos de água, derretem-se, retornam ao mar, podem voltar a ser gelo e fazem esse ciclo diversas vezes, mas chega uma hora em que se desintegram e o oxigênio e o hidrogênio seguem seus caminhos sendo uma outra realidade

Então quase nada do que se ensina é real ?

A realidade é que são símbolos, interpretados deturpadamente.
A realidade é que não precisava existir fome, sofrimento, incompreensão, divergências de nenhuma espécie, o Criador não nos fez para tal sofrimento.
Eles deturparam a verdade, fugiram a responsabilidade que o conhecimento que roubaram carrega, criaram um mundo diferente da civilização anterior onde havia paz e ordem, hoje o mundo está em guerra e vão prolongar essa situação de sofrimento enquanto puderem controlar e manter a população, e ainda se acham superiores, responsáveis pela condução do mundo.

Mas como é essa verdade, onde ela está registrada?

Nas várias lendas e religiões, por exemplo, nos 12 trabalhos de Hércules, ou nos 12 paços da Via Crucis, ou ainda na lenda de Osíris, enfim em muitos registros, todos velados e guardados das pessoas de conhecimento comum.
João ensina : escreve sete cartas para as sete igrejas, e lá vão os idiotas a procurar no mapa as tais igrejas.
Maomé ensina para orarem a Alah virados para Meca, e lá vão eles novamente ao mapa verem a direção duma cidade.
A culpa é dos conhecedores da verdade que sempre estiveram presentes, perpetuando-se no poder e que subverteram o conhecimento e desorientaram os homens desde o principio de nossa era.

SHANERRAI

Live to Tell - Madonna - Tradução

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Este alerta está colocado na porta de um consultório:


A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma. O resfriado escorre quando o corpo não chora. A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições. O estômago arde quando as raivas não conseguem sair. O diabetes invade quando a solidão dói. O corpo engorda quando a insatisfação aperta. A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam. O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar. A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável. As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas. O peito aperta quando o orgulho escraviza. A pressão sobe quando o medo aprisiona. As neuroses paralisam quando a "criança interna" tiraniza. A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade. Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra. O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver. E as dores caladas? Como falam em nosso corpo? A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção.

O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas Equívocos, existem semáforos chamados Amigos, luzes de precaução chamadas Família, e ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão, um potente motor chamado Amor, um bom seguro chamado Determinação, abundante combustível chamado Paciência. Mas principalmente um maravilhoso Condutor chamado Inteligência.

Rene Schubert‎Consultório Psicologia



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Os muitos mestres de Junnaid


Não há situação que não contenha uma lição, nenhuma situação. Todas as situações possuem um potencial, mas você precisa descobrir qual é; este pode não ser aparente na superfície.
Você precisará estar atento, deverá examinar todos os aspectos da situação.Um dos grandes mestres Sufi, Junnaid, estava morrendo.
Seu discípulo mais próximo veio até junto dele eperguntou: “Mestre, você está nos deixando. Uma questão tem estado sempre em nossas mentes, mas nunca tivemos coragem de lhe perguntar.
Quem foi seu Mestre? Isso tem sido uma grande curiosidade entre seus discípulos, pois nunca ouvimos você falar de seu Mestre.”Junnaid abriu os olhos e disse:
“É difícil para mim responder porque aprendi de quase todos. Toda a existência foi meu Mestre. Aprendi de cada pequeno evento em minha vida. E sou grato a tudo que aconteceu, pois devido a todo esse aprendizado eu me tornei quem sou.”
Apenas para satisfazer sua curiosidade lhe darei três exemplos. Primeiro, eu estava com muita sede e caminhavaem direção ao rio levando minha tigela de esmolas, a única posse que tinha. Quando cheguei ao rio, um cachorro passou correndo, pulou dentro do rio e começou a beber água.Observei o cachorro por alguns instantes e então joguei fora minha tigela de esmolas, porque não servia para nada. Um cão pode viver sem isso.
Também pulei no rio, bebi tanta água quanto quis. Todo meu corpo ficou refrescado porque mergulhei no rio. Fiquei sentado no rio por alguns momentos,
agradeci ao cachorro, toquei nos pés dele com profunda reverência pois ele havia me ensinado uma lição.Eu abandonei tudo, todas as minhas posses, mas ainda estava apegado a minha tigela de esmolas. Esta era uma bonita tigela, belamente esculpida, e eu sempre estava preocupado de que alguém pudesse roubá-la.Mesmo à noite costumava colocá-la sob minha cabeça, como um travesseiro, assim ninguém podia tirá-la de mim.Esse foi meu último apego, e o cachorro ajudou. Era tão claro: se um cão pode viver sem uma tigela de esmolas e eu sou um homem, porque não posso fazer o mesmo? Esse cão foi um de meus
mestres.
“Segundo,” ele disse, “eu me perdi numa floresta e quando finalmente cheguei
no vilarejo mais próximo que pude encontrar, já era meia-noite. Todos dormiam
profundamente. Perambulei por toda a cidade para ver se podia encontrar alguém acordado que me desse abrigo para passar a noite, até que finalmente encontrei um homem.Perguntei a ele, ‘Parece que eu e você somos os únicos que estamos acordados nesta cidade. Você pode me dar abrigo para esta noite?’“O homem disse. ‘Posso ver por seus trajes que você é um monge Sufi...’”A palavra Sufi vem de suf; que significa lã, túnica de lã. Os sufis têm usado túnicas de lã há séculos; portanto foram chamados Sufis por causa das suas vestimentas. O homem disse, “Posso ver que você é um Sufi e me sinto um pouco desconcertado em levá-lo para minha casa. Gostaria de lhe dar abrigo, mas antes preciso lhe dizer quem eu sou. Sou um ladrão - você gostaria de ser hóspede de um ladrão?
”Por um momento, Junnaid hesitou. O ladrão disse, “Olhe, foi melhor que
eu tenha dito a verdade. Você me parece hesitante.
O ladrão está disposto a lhe dar abrigo, mas o místico parece hesitar de entrar na casa de um ladrão, como se o místico fosse mais fraco que o ladrão. Na verdade, eu deveria estar com medo de você – você pode me transformar, você pode mudar toda minha vida! Convidar você significa perigo, mas não estou assustado. Você é bem vindo. Venha para minha casa. Coma, beba, durma, e fique quanto tempo quiser, pois vivo sozinho e o que ganho é suficiente. Eu
posso sustentar duas pessoas. E seria bom conversar com você sobre grandes coisas.
Mas você parece hesitante.”E Junnaid deu-se conta de que isso era verdade. Ele pediu para ser perdoado. Tocou os pés do ladrão e disse,“Sim, meu enraizamento no meu próprio ser ainda é muito fraco. Você realmente é um homem forte e eu gostaria de ficar na sua casa. E gostaria de ficar por algum tempo, não só por essa noite. Eu também quero aprender a ser mais forte.”O ladrão disse, “Então venha!” Ele alimentou o Sufi, deu-lhe algo para beber, ajudou-o a preparar-se para dormir e depois disse, “Agora tenho que ir. Tenho que cuidar de meu próprio negócio. Voltarei de manhã cedo.”De manhã cedo o ladrão retornou. Junnaid perguntou, “Você teve sucesso?”O ladrão disse, “Não, hoje não, mas haverá outros dias.”
E isso aconteceu continuamente, por trinta dias: toda noite o ladrão saía, e toda manhã voltava de mãos vazias. Mas ele nunca estava triste, nunca ficava frustrado – não havia sinal de fracasso em seu rosto, ele estava sempre feliz – e ele dizia: “Não importa. Eu fiz o melhor que pude. Não pude achar nada de valor hoje, mas amanhã tentarei de novo E, se Deus quiser, pode acontecer amanhã se não aconteceu hoje.”
Após um mês, Junnaid foi embora, e por anos ele tentou realizar o ato supremo, porém sempre fracassava. Mas toda vez que ele decidia abandonar todo o projeto lembrava-se do ladrão, sua face sorridente e dizendo “Se Deus quiser, aquilo que não aconteceu hoje irá acontecer amanhã.”Junnaid disse ao discípulo, eu me lembro do ladrão como um dos meus maiores mestres. Não fosse ele eu não seria o que sou.
O terceiro evento foi quando eu estava chegando a um pequeno vilarejo. Um menino estava levando uma vela acesa, obviamente indo ao pequeno templo da cidade para lá deixar a vela acesa durante a noite.”Junnaid perguntou: “Você pode me dizer de onde vem a luz? Você mesmo acendeu a vela então deve ter visto.Qual a fonte da luz?
O garoto riu e disse, “Espere!” E ele apagou a vela com um sopro na frente de Junnaid.
E disse, “Você viu a luz se apagar. Você pode me dizer para onde ela foi? Se me disser aonde ela foi eu lhe direi de onde veio, porque foi para o mesmo lugar. Ela retornou à fonte.”
E Junnaid disse, “Encontrei grandes filósofos mas nunca ninguém tinha feito uma
declaração tão bonita: ‘Ela retornou à sua própria fonte’. Tudo finalmente retorna a própria fonte em algum momento. Além disso, a criança me fez ciente da minha própria ignorância. Estava tentando brincar com a criança, mas foi ela que brincou comigo.
Me mostrou que fazer perguntas tolas – ‘De onde vem a luz?’ – não é inteligente. Ela vem de lugar nenhum, do nada – e retorna para lugar algum, para o nada.”
Junnaid continuou, “Eu toquei nos pés da criança. A criança ficou perplexa. Ela
perguntou, ‘Por que você está tocando meus pés?’ E eu respondi: você é meu mestre.
Você me ensinou algo. Você me deu uma grande lição, um grande insight.
“Desde então,” Junnaid disse, “Tenho meditado sobre o nada e, aos poucos, bem
lentamente, fui penetrando no nada. E agora chega o momento final quando a vela se apaga, a chama se apaga. E sei para onde estou indo –para a mesma fonte.
“Eu me lembro dessa criança com profunda gratidão. Ainda posso vê-la diante de mim, soprando a vela.”

OSHO em - O livro da transformação